segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Como gerar a Guia de arrecadação do INSS

Olá a todos (as),  como estão!?
Nós estamos bem, Graças a Deus!!

A algumas semanas venho recebendo duvidas sobre o mesmo assunto, então decidi por classificar algumas pontos de dúvida importantes e fazer alguns tópicos de auxílio.

Vou demonstrar como se faz para gerar a guia de recolhimento do INSS de sua obra. O processo é simples e não demora mais que 5 minutos. Não é necessário envolver um contador para gerar a GUIA de arrecadação, e para isso, basta que você tenha acesso a qualquer HomeBanking. Como a maioria dos leitores(as) são clientes Caixa, utilizarei o ambiente HomeBanking da própria Caixa.

Bom vamos lá!

Se você ainda não possui o numero da Matricula CEI, Acesse o Post "Como cadastrar a Obra na receita" que criei, pois lá ensino como fazer o cadastro.

Se você já possui o numero da Matricula CEI, basta seguir os passos abaixo para recolher o INSS.

O base de calculo para o recolhimento mínimo é o "Salário Mínimo", que atualmente (em Jan/2014) é de R$ 724,00.  O valor a ser arrecadado é 36,8% do Salário (que no nosso exemplo, é o Mínimo).

Sendo assim, 36% de R$ 724,00 = R$ 266,43 (Pronto, você já sabe qual o valor a ser arrecadado mensalmente de INSS).

Para gerar a Guia, acesse seu HomeBanking e Clique no botão "Pagamento", e em seguida, na lista de "Sem código de barras", clique em "GPS - Guia de Previdência Social".


Ao clicar em "GPS - Guia de Previdência Social"  abrirá uma tela na qual você deverá informar os dados para o recolhimento.

Nesta tela, você deverá preencher os campos da seguinte forma:
Campo 3 – Codigo de Pagamento : 2208
Campo 4 – Competência : o mês do pagamento.
Campo 5 – identificadpr : número de sua matricula CEI
Campo 6 – Valor do INSS ( Salario mínimo X 31% ) : R$ 224,44
Campo 7 – nada
Campo 8 – nada
Campo 9 – Valor de Outras Entidades : (Salario Mínimo x 5,8%)  R$ 41,99
Campo 10 – nada ( se pagar em dia, claro.. )
Campo 11 – Total : R$ 266,43



*** O codigo 2208 é referente a pagamento de INSS de obra. O valor da imagem se baseia num recolhimento de um 1(um) Salário mínimo no valor de R$ 724,00.

*** Se você quiser saber qual o valor total do INSS de sua obra, acesse a postagem "Como Calcular o Inss da Obra", lá tem todo calculo que é feito na Receita.

*** Só é necessário o pagamento de INSS para construções com área igual ou superior a 70m2.

Espero que isso seja útil.

Abraço
Geraldo.

53 comentários:

  1. Geraldo, nem sei como te agradecer, você é um santo, acabei de voltar da receita fui com a minha bebe nesse sol de rachar o coco e para minha surpresa hoje o pessoal só trabalhou até as 12hs.... Vou gerar agora mesmo para receber meu $$$. Mais uma vez obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é meu amigo, é simples assim. Depois que acabar a obra é só ir na receita, se vc tiver alguma coisa para pagar, vc pode descontar esses recolhimentos que já fez. Na verdade vc nem precisará falar nada, quando o atendente, puxar o numero da sua matricula CEI ele vai ver que vc já pagou alguma coisa e já desconta do total.

      Abraço !
      Geraldo

      Excluir
  2. Gostaria de primeiramente agradecer o blog, porque estou querendo financiar minha construção assim como voce encontrei muitas dificuldades para obter respostas quanto ao financiamento da caixa. Eu tenho algumas duvidas e se voce puder me ajudar ficaria grato.

    A primeira é como voce projetou o valor do financiamento para a construção, pois eu tenho o terreno e pretendo solicitar à caixa o valor do teto do minha casa minha vida, que na minha cidade é de R$115.000,00
    Como saberei que caso eu realize um projeto de um sobrado de 100m2 o mesmo será aprovado pelo eng da caixa ?

    Gostaria de até mesmo trocar alguns e-mails com voce Geraldo.
    sorin_bm@hotmail.com

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Felipe,
      Obrigado pelo elogio.

      Seguinte, o primeiro passo é ver quanto você gasta para fazer um sobrado de 100m2 na região aonde você está. Nesta tarefa um engenheiro/arquiteto poderá lhe ajudar.

      Com base no provável valor, veja com o profissional que estiver lhe auxiliando, a possibilidade de adequar o projeto junto a com sua expectativa de financiamento, considerando o teto informado por você.


      Abraço!
      Geraldo

      Excluir
    2. Boa tarde

      Geraldo, não sei é possível por ser algo pessoal, mas você ainda tem a planilha de acompanhamento caixa ?
      To meio perdido quanto à essa planilha.
      Se você puder me enviar a sua agradeceria, mas se não, ok também.

      Obrigado

      Excluir
    3. Ola Felipe,
      Esta planilha não será muito útil agora, o melhor é você levantar o valor que seu salário comporta para um financiamento e ver se existem terrenos dentro do valor que vc pode pagar na area aonde deseja construir. Depois levante o valor da mão de obra dos empreiteiros de sua cidade e com isso, você poderá fazer uma simulação no site da Caixa. A planilha é a última coisa que vc deverá pensar, pois nela, quem for elaborar vai adequar a sua obra nela.

      Abraço!
      Geraldo.

      Excluir
  3. Geraldo, vc sempre com posts que ngm faz!
    Pelo amor de Deus mantenha esse blog ativo :)

    http://minhacasaemvinhedo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Ana,
      Como vai!?

      Acho que vou continuar postando alguns pontos de dúvida sim ...rs

      Abraço!
      Geraldo

      Excluir
  4. Geraldo, Boa Tarde,
    Primeiramente quero agradecer por ter tido a bondade, a humanidade e a simples necessidade de apenas ajudar ao próximo, compartilhando todo o processo de financiamento de construção da casa própria pela caixa econômica de uma maneira muito bem explicada e redigida para que qualquer leigo possa entender, seu blog esta sendo como uma bíblia para mim e para minha esposa (ainda estamos no começo , já temos o terreno todo legalizado e estamos na etapa do projeto da casa junto com o arquiteto…ainda tem muito chao pela frente..rsrsrs), pois infelizmente moramos em um pais onde tudo é difícil e o governo faz de tudo para sugar nosso tao suado dinheiro que levamos anos para economizar para conseguir realizar o sonho da casa própria, mais uma vez MUITO OBRIGADO por este blog fantastico!!!
    Grande abraço, Luiz Felipe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Luis, obrigado pelo elogio.
      É isso mesmo, tudo conspira para que não dê certo, mas tenha fé e mantenha o foco que vc chega no destino.

      Sucesso pra você em sua obra.

      Abraço
      Geraldo

      Excluir
  5. Geraldo, boa tarde!
    Parabéns pelo Blog venho acompanhando há algum tempo. A minha situação é a seguinte eu criei a CEI da minha obra em dezembro de 2013 para aprovação na CEF, a minha obra começou na semana passada eu preciso gerar a GPS para este mês de Janeiro ou somente em Fevereiro quando deverei apresentar para a CEF liberar a primeira parcela do financiamento após a vistoria, no meu caso a primeira vistoria está agendada para 27 de fevereiro.

    ResponderExcluir
  6. Ola Ênio, depois que o engenheiro for até sua obra e fizer a vistoria, ele vai gerar um laudo e enviar para a sua Agencia. Assim que sua gerente receber este Laudo ela fará o comando para liberação do devido pagamento e é nesta hora que vc deverá levar uma cópia da arrecadação do INSS.

    Só que atente-se para a data de pagamento(recolhimento), é sempre dia 20 do mês.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Geraldo, como a vistoria está prevista para dia 27/02, deverei recolher no dia 20/02 ou até o dia 20/02? Não localizei em nenhum post, mas quanto ficou, de fato, o m² de sua construção?

      Excluir
    2. O pagamento deve ser feito dia 20.

      Abraço!

      Excluir
  7. Geraldo, vc vai pro céu! Vc e seu blog dão de dez a zero em todos os funcionários da Caixa. Não queria te explorar mas estou com uma dúvida que deve ser moleza pra vc. Tenho terreno no meu nome e vou construir nele. Vou financiar 2/3 da obra, o outro 1/3 é recurso meu. Estou nesse momento aguardando o alvará da prefeitura, que já vai mais de um mês pedido... Lí aqui que o financiamento demora mais uns 60 dias no mínimo. Não quero esperar tudo isso e penso em dar inicio assim que sair o alvará com os meus recursos (o 1/3 citado). Quais seriam as mudanças em relação ao pedido de financiamento já que eu vou estar com a obra começada quando ele for aprovado? Desde já MUITO OBRIGADA!!!
    Natali

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Natali,

      Não há problema, o único ponto, é que existem regras para o uso do FGTS no que diz respeito a obras já iniciadas. Existe uma premissa, é de que para que vc possa usar o FGTS você deve começar a obra do Zero, esta é uma regra do FGTS e não do SBPE.

      De qualquer forma, tudo que vc já fez na obra entrará como Percentual de "Tarefa já executada" e em sua planilha de cronograma ela deve estar bem descriminada. Para este caso, você poderá substituir o valor da entrada através desta tarefa já executada. Você precisa conversar muito bem em sua agencia sobre esta possiblidade, pois não são todas que fazem.

      Para este caso, veja a viabilidade de fazer um financiamento de "Reforma e ampliação" que é praticamente a mesma coisa.

      Abraço!
      Geraldo.

      Excluir
    2. Muito obrigada Geraldo! De verdade!
      Não vou usar o fgts pq não tenho, sou funcionária pública.
      Aqui na minha cidade as agencias da Caixa nem te atendem qnd o assunto é financiamento. Estou tratando com um correspondente Caixa aqui, que também não inspiram muita confiança nas informações...

      Sobre o "tarefa já executada", suspeitei que seria como vc explicou, porém esse cronograma deve ser entregue junto com toda a papelada inicial correto? Nesse momento eu não terei nada executado, pois meu plano é tocar a obra enquanto espero o $$$ da Caixa e não tem como eu entregar um cronograma dizendo que está executado algo que só vai estar mesmo dentro dos 30 dias ou mais...
      Tenho certeza que nem na Caixa nem os correspondentes vão saber me orientar sobre como fazer isso e meu engenheiro não é muito experiente com financiamentos e tenho medo que ele cometa erros que atrasem o processo. Desculpe tomar seu tempo, mas se vc tiver alguma ideia de como fazer isso eu agradeceria muito!!!!
      Olha, conhecimento é poder, não sei se vc se sente a vontade cobrando por essas orientações que dá aqui, mas quem sabe colocar um link para doações voluntárias não seria mal não acha? abraço.
      Natali

      Excluir
    3. Ola Natali, obrigado pelo elogio, de vez em quando alguém clica nos meus anúncios e isso me dá alguns centavinhos...rs

      O cronograma deverá ser entregue juntamente com os outros documentos solicitados para o financiamento. Pois a mesma empresa de engenharia que fará a vistoria de avaliação do lote, precisa ter em mãos o projeto arquitetônico para poder estimar o custo final da obra para saber se o que vc está pedido está dentro ou fora de sua realidade.

      Imaginei que vc já tivesse com alguma coisa pronta mesmo antes do engenheiro avaliar seu terreno, mas se você não começou nada ainda não tem problema. O que vc deve fazer é, aguardar que o engenheiro da Caixa faça a visita em seu terreno para poder avaliar seu valor. No dia seguinte da visita, aí sim você já poderá começar a obra. Depois disso vai demorar pelo menos mais uns 60 dias para sair o contrato. Se você tiver dinheiro para pagar a entrada e manter a obra neste meio tempo, não terá problemas. Depois que o contrato estiver assinado e as visitas agendadas você receberá tudo que já foi adiantado no reembolso da primeira etapa. É interessante tambémque já prevendo essa situação, seu engenheiro coloque um percentual alto de conclusão na primeira etapa.

      Sobre sua duvida em relação ao cronograma é o seguinte:
      - Elabore normalmente ele, e lance aproximadamente o valor que vc estima gastar até o termino dessa primeira etapa (que será bastante coisa já que vc estará com quase 3 meses de trabalho).

      Abraço e boa sorte em seu financiamento.

      Geraldo

      Excluir
  8. Geraldo, tô indo clicar nos seus anúncios agora mesmo. Valeu!!!
    Bom, vc recomenda que então eu espere a avaliação do terreno pelo engenheiro certo? Mas vc sabe mais ou menos qnt tempo após a entrega dos documentos ele vai lá ? É agendado? Como eu fico sabendo se ele já foi?

    Pelo que entendi, na hipótese de começar antes da avaliação do terreno:
    - quando o engenheiro for lá avaliar o terreno, verá que já tenho, por ex, fundações feitas, aí ele calcula qnt gastei até alí, solicita uma alteração no cronograma e esse valor que ele calculou que já gastei nas fundações entra no montante que estou dando de entrada, correto? Se for isso tenho que torcer pra ele calcular corretamente né? Se gasto 30 e ele acha que gastei 20, essa diferença some, é isso mesmo? Além disso ele terá que solicitar uma alteração no cronograma que entreguei pra registrar que uma parte já foi executada, isso pode atrasar a aprovação?

    Mas se eu esperar a avaliação do terreno e começar no dia seguinte, basta que no cronograma conste uma primeira etapa bastante grande, compatível com 60-90 dias de obra, certo? Assim a primeira liberação de dinheiro da Caixa seria uma quantia que tiraria meu pé da lama?? que onde eu vou estar se tiver que bancar 90 dias de obra sozinha... kkkkk
    Clicando nos seus anúncios em 2 segundos...
    Abraço,
    Natali

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha obrigado hein!

      Exatamente, recomendo que aguarde a avaliação do Engenheiro sim. Porque até este ponto não podemos dizer que é 100% de certeza que vc será aprovada no Financiamento, isso só acontece depois que assinar o contrato, sendo assim, espere.

      Assim que vc entregar TUDO na agencia, vc deixa "bem conversado" com seu gerente que o terreno está fechado e que vc precisa estar junto para mostrar ao engenheiro vistoriador, e sendo assim, o gerente colocará esta ressalva junto com a solicitação de visita que irá para a empresa que vistoriará sua obra. Vc entregando os papeis o mesmo irá para a empresa de engenharia. Assim que a empresa fizer a retirada dos documentos, ela tem 5 dias úteis para entregar. Sendo assim, considere no máximo 20 dias a partir do momento que entregar os papeis na agencia.

      Sobre o ponto das tarefas executadas é exatamente o que vc levantou. É mais assertivo deixar para depois da assinatura do que antes pois o engenheiro pode mensurar de forma diferente.

      De resto é exatamente o que vc disse.

      Entendeu direitinho!

      Abraço
      Geraldo

      Excluir
    2. Geraldo, mais uma vez obrigada. Vc me ajudou bastante. Salvei seu blog aqui nos favoritos e vou dar uma clicadinha nas propagandas todo dia em agradecimento. Abraço.
      Natali

      Excluir
  9. Oi Geraldo! Li seu blog de cabo a rabo e agradeço a Deus que o encontrei! Estou querendo entrar nessa modalidade de financiamento, terreno e construção e seu blog me tirou muitas dúvidas. Vi o andamento de sua obra, que casa linda! Se não for pedir muito, gostaria de saber de quanto foi seu financiamento, pois gostaria de uma casa no padrão da sua, mas não tenho certeza quanto custará, pois ainda não conversei com ninguém da área. É mais pra eu me basear. Desde já, agradeço sua ajuda!
    Carina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carina,

      Eu peguei 225Mil para obra, porem, coloquei mais 45Mil por fora.

      Minha obra ficou em torno de 1800/m2. Poderia ter reduzido bastantes esse valor se eu tivesse mais experiência, a parte de louças, metais e telhado que encareceu a obra. Mas no final tudo deu certo.

      Abraço!
      Geraldo.

      Excluir
    2. Muito obrigada pela resposta!!!
      Abraços,
      Carina

      Excluir
  10. Parabéns pelo texto.
    Faça uma visitinha em meu blog também.

    http://www.financiamentoscaixa.net/

    Abraços e sucesso,
    Jeane Braga.

    ResponderExcluir
  11. Geraldo,mais uma vez obrigado por esclarecer essas dúvidas...tenho uma duvida importante,gostaria de saber mais ou menos quanto irei gastar quando for a receita federal conseguir minha CND,vc gastou muito? lembrando que não recolhi nenhum mês de INSS,não registrei os pedreiros,habite -se tb tem que pagar? estou na fase final da minha construção por isso as duvidas...abraços cara tudo de bom.!

    ResponderExcluir
  12. Ola Rodrigo,
    Tem um tópico que exemplifico os gastos com a CND, veja lá!

    Abraço!
    Geraldo.

    ResponderExcluir
  13. Oi Geraldo,

    Parabéns de pelo blog. Fiquei interessado em construir minha casa também, porém gostaria de saber se o financiamento que no meu caso é a construção da casa + a compra do lote, cobre os custos com a mão de obra? E os gastos com o engenheiro e arquiteto é antes da aprovação do financiamento ou depois? Abraços

    ResponderExcluir
  14. Ola Cássio, acesse os primeiros posts que fiz neste blog, lá descrevo com detalhes sobre o financiamento.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  15. Geraldo meu salva vidas, eu de novo Natali.... Engenheiro me mandou uma planilha que eu acho que tá errada... Ele é bom de obra e ruim de burocracia... Seguinte, minha obra vai custa 270 mil, desses, eu só quero 180 da Caixa, o resto é meu recurso. Aí que o engenheiro me manda uma planilha onde consta que a obra toda vai custar 180... Tá errado né? E ainda tem meu terreno que vale uns 60 e nem entrou nessa conta... O certo é ele colocar os 270 mesmo não é? Aguardo sua confirmação e abraço!
    Natali

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Natali, na planilha deve constar o valor da Obra como um todo, independente do valor que vc terá de recursos proprios. Depois, vc solicita a Caixa apenas o valor que deseja.

      Abraço!

      Excluir
  16. Geraldo, bom dia! Os campos nome, endereço e telefone devem ser preenchidos com os meus dados ou dados do empreiteiro? Estou tendo que fazer um pagamento retroativo porque ele recolheu o INSS do primeiro mes da obra sem vincular a minha CEI. E aproveito para agradecer todas as dicas e instruções que você postou. São de grande importancia e me ajudaram muito!

    ResponderExcluir
  17. Geraldo, boa tarde! Obrigada pela ajuda o seu blog é uma luz para nós, que Deus te abençoe! Os campos nome, endereço e telefone devem ser preenchidos com os meus dados ou dados do pedreiro?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao, deve ser dados do proprietário, essa são apenas informações a nivel de detalhe.

      abraço

      Excluir
  18. Oi Geraldo!
    Vou escrever na esperança de que vc ainda leia o blog.
    Tenho uma duvida simples e direta.

    Para a documentação da casa, quando esta estiver pronta (esquecendo a Caixa pois estou construindo 100% com recursos próprios/cartão de construção).. documentação de prefeitura.. cartório etc... eu preciso ter tido um engenheiro acompanhando a execução da obra, que vá atestar ou assinar algum documento, ou apenas o profissional que fez o projeto arquitetônico, que foi aprovado na prefeitura, é que participa dessas documentações finais?
    Espero que possa responder.. muito obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Ana,
      voce precisará dar baixa na ARTs de execução e projeto, quem fará isso será o engenheiro que vc contratou para faze-las. Algumas prefeituras, pedem a caderneta de obra assinada pelo engenheiro que a acompanhou para liberar o habite-se.

      abraço

      Excluir
  19. Olá a todos. Também entrei nessa de divulgar minhas experiências e dicas na construção da minha casa. Uma versão mais ogra, porém mais prática. http://construindoalgumacoisa.blogspot.com/
    Sucesso a todos.

    ResponderExcluir
  20. Olá geraldo, espero que você ainda esteja escrevendo no blog, mesmo sua casa já estando pronta( parabéns e seja feliz nela com sua família). Agora entendo porque as pessoas desistem de fazer o financiamento pela caixa. Toda a informação que você nos deu aqui foi de suma importância e esclarecedora pra muita gente, inclusive pra mim, Gostaria de lhe perguntar sobre os seus gastos iniciais com engenheiro, onde você mencionou todas as ações antes de ir à caixa e assinar contrato. Estas despesas ficam muito caras? Percebi também que mesmo sendo um financiamento a gente precisa de ter um valor grande pra dar início à obra e pagar toda a documentação que diga-se de passagem é uma lista imensa. Outra coisa, os valores de INSS pagos aos pedreiros deve estar inserido na lista de despesas feita pelo engenheiro? Se você puder me responder eu serei muito grata. Moro em Minas Gerais, sou solteira, então não tenho com quem dividir as despesas, é por minha conta mesmo, tenho um lote já registrado de 120 metros quadrados. Obrigada e desculpa te incomodar.

    ResponderExcluir
  21. Geraldo, blz? Como está a nova moradia?
    Olha só, estou encaminhando para terminar minha casa e surgiram algumas dúvidas:
    - O empreiteiro está pagando o INSS de seus empregados e todo mês ele me apresenta uma cópia. Minha dúvida é se posso ao final da obra associar esses pagamentos ao CEI de minha obra ou se terei que pagar tudo de uma vez? Pois não estou pagando conforme você mostrou no tutorial;
    - No começo de minha obra fiz a matrícula CEI pela net, mas e depois, o que devo fazer? Achei o processo meio enrolado, gerou um número apenas e só!
    - Outra coisa, acho que termino a casa, antes mesmo de receber toda a verba da CAIXA. Minha dúvida é se posso chamar a prefeitura para fazer o habite-se realmente ou devo terminar o prazo no cronograma para aí chamá-los? Como foi contigo?
    Obs.: nem imaginaria que daquela nossa conversa lá atrás, hoje eu estaria falando que minha casa está quase pronta rsrs.

    Abraço, Anderson (PR)

    ResponderExcluir
  22. Me envie seu e-mail que mando umas fotos da casa! Modéstia a parte ela está maravilhosa...

    Anderson (PR)

    ResponderExcluir
  23. Geraldo, primeiramente parabéns pelo blog, excelente, muito profissional...
    Caso possa me ajudar segue minha dúvida:
    Em 28/01/2013 dei inicio a minha obra, com recursos próprios e nesta data já foi criada uma CEI pelo meu engenheiro. Neste momento a obra já está em 50%. E assinei o contrato de financiamento com a caixa em 09/06/2014. A caixa me disse que tinha que pagar imposto da obra mensalmente até o final da obra (6 meses), e não soube me explicar mais sobre o assunto. Já aprendi no seu blog como pagar uma GPS. A dúvida é o seguinte, devo pagar a GPS dando inicio neste mês e pagando todo mês até o final da obra, ou devo pagar algum valor pelos 18 mês que a obra foi executada com recursos próprio e também ficou parada neste tempo.
    Desde já muito obrigado.
    André

    ResponderExcluir
  24. Olá Geraldo seu blog é um muito bom desde já agradeço por voce ter feito, as minhas dúvidas são a seguinte, primeiro essa GPS que eu tenho de pagar para gerar basta entrar no site da caixa, não é necessário fazer GFIP?, segundo eu não vou registrar o pedreiro é necessário? terceiro é necessário pedir nota para o pedreiro, pois ele é MEI, e com isso sobra o ISS para eu pagar e por último voce sabe me dizer qual é a primeira etapa do cronograma?

    ResponderExcluir
  25. Boa Tarde. Estou buscando terrenos p/ construir e tenho 2 a escolher, um com aclive de 5 metros e outro de 10, o mais alto é 20% mais barato, mas o engenheiro esta dizendo que o custo entre tirar terra e muros de arrimo compensam a diferença; Este custos foram muito altos p/ você?

    Obrigado e parabens pela obra.

    Homero

    ResponderExcluir
  26. Boa tarde. Parabéns pela iniciativa de seu blog. Muito útil a muita gente.
    Minha duvida é a seguinte. Comecei uma obra a uns 40 dias e vou demorar mais uns 90 dias pra terminar. Esta semana foi um fiscal do sindicato de minha cidade na obra e pediram pra abrir o CEI da obra. Já me informei aqui mesmo e vi que para abrir o cei é bem fácil. Minha duvida é na hora de emitir as guias de pagamento, se preciso contratar um contador ou eu mesmo posso fazer para não ter mais este custo com o contador. E se vou emitir uma guia para cada pedreiro/ servente, já que estão trabalhando em 2 pedreiros e 1 servente. E se na hora de preencher tem que ser com os dados dos funcionários etc...
    Desde já agradeço o seu esforço em ajudar a todos.Obrigado. Sucesso.

    ResponderExcluir
  27. Geraldo, bom dia ! Itens como pintura e gesso ficaram dentro do financiamento da CEF ou vc pagou por fora ?

    ResponderExcluir
  28. Excelente conteúdo!

    http://www.valdeirvieira.com/ilha-pura-vila-dos-atletas/

    ResponderExcluir
  29. Boa tarde.

    Estou fazendo um financiamento pela caixa o MCMV. A obra possui apenas 56 mts e eles estão me exigindo a guia GPS com minha CEI recolhida para liberar a parcela do financiamento.
    Esta metragem de construção não deveria ser isenta de INSS?

    ResponderExcluir
  30. Geraldo, bom dia.

    Parabéns pela iniciativa, me ajudou bastante. Não tinha noção de como pagar essa GPS.

    Muito claro e didático.



    ResponderExcluir
  31. Ótimo post e a super atenção que vc dispensa respondendo as perguntas das pessoas. Tenho uma dúvida, e no caso da contratação de mão de obra por empreita, os empregados não querem registro, como devo proceder? recolho inss no nome dos empregados?

    ResponderExcluir
  32. Obrigado pelo espírito colaborativo afim de auxiliar os leigos num tema tão complicado a nível brasil, as entidades financeiras somente dificultam processos burocratizando demais e informando menos o consumidor que as duras penas tenta viabilizar sua construção.

    grande abraço e obrigado.

    ResponderExcluir
  33. Nossa poderia ter visto esse blog antes, boa tarde!
    Estou com uma obra sendo finalizada, optei por uma construtora para fugir dos problemas mas entrei em um pior ainda, só agora descobrir que ela não está pagando o inss dos funcionários e eu não sei como prosseguir, tiver que tocar a obra por minha conta pois ela já estava com 9 meses de atraso e eu pagando juros, eu não sei por onde começar, como saber até quando ela pagou os inss e vinculou a minha obra, como eu devo dar sequencia, preciso de ajuda.

    ResponderExcluir