Etapa 4: Chapisco e Reboco

Histórico de trabalho realizado para Chapisco e Reboco. Etapa iniciada entre os meses Maio/Junho de 2013.



Inicio do chapisco/Reboco (20/05/2013)






















(29/05/2013)
Lateral direita da Casa (Lavanderia). Hoje o reboco foi interrompido porque foi o dia da Concretagem da laje.


















(20/06/2013)
Reboco externo concluído, fica pendente agora apenas rebocar o Eitão.



















(21/06/2013)
Nesta semana foi iniciado os trabalhos de reboco INTERNO. Ao vermos a cozinha e sala de jantar sendo rebocada, podemos ter a noção de que o espaço parece ser maior.




















(22/06/2013)








































Fica  a Dica: "Planeje sempre a obra para iniciar a partir do mês de Março", se puder fuja dos meses como Dezembro, Janeiro e Fevereiro.

Comentários

  1. Aôoooooooo meu amigo! Que surpresa agradável ver essas últimas atualizações do seu blog. Estive na correria e somente agora tive tempo para fazer essa visita. Cara, não sabia que já tinha começado, e melhor, já está muuuito adiantado. Pelas fotos dá pra ver que está ficando mto bacana. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faaala Léo, é isso mesmo, estamos a todo vapor aqui, neste momento o Caminhão do Concreto tá enchendo a laje...rs Alegria total.

      Grande Abraço!
      Geraldo.

      Excluir
  2. Rapaz, que rapidez que está indo hein?? Maravilha!! Quantas pessoas trabalham na obra?
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Sônia,
      Na media são 2 Pedreiros e 2 Ajudantes. Mas como eu fechei a obra através de um empreiteiro, caso aconteça de alguma outra obra dele parar por falta de material ou outra coisa ele traz o pessoal todo para minha obra. Teve um dia que eu cheguei lá e tinham 12 pessoas trabalhando. Neste dia o cimento que eu havia comprado para a semana toda foi num único dia. Não posso reclamar, pois assim que é bom...rs

      Abraço
      Geraldo.

      Excluir
  3. Pois é Geraldo, assim que é bom mesmo. Eu estou aqui me organizando, moro no interior de São Paulo,mas vou trazer mão de obra de Minas Gerais, a equipe que trabalha com o meu sogro lá.Aqui alugo uma casa pra eles. No cronograma da Caixa eu fiz para 11 meses, a casa com 195 metros. Vc fez o cronograma com quanto tempo? E outra coisa, a caixa tá pagando certinho, o engenheiro na vistoria é muito rigoroso, você está dentro do cronograma? Desculpa tantas perguntas, mas são as dúvidas e as ansiedade de quem logo estará construindo. ( ainda aguardo a Prefeitura autorizar o projeto, está lá desde começo de março e nada ainda, haja paciência). Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Sonia esse esquema seu e bom também já que vc tem o histórico do pessoal.

      Sobre a CEF eu só vou falar bem quando tudo estiver concluído porque certamente foi o processo mais burocrático e confuso que eu já tive o prazer de fazer. Ela paga certinho sim só que enrolam pra isso sem im motivo formal aparente. No meu caso ela depositou uma parte boa referente a minha primeira etapa estar bem adiantada porem, sem nenhuma explicação estornou medade do valor. Nai sei o motivo ate agora, o dinheiro voltou do nada pra minha conta porem explicação sobre o que houve não tive.

      A avaliação do engenheiro e bem superficial. São tirada algumas fotos e so.

      Como não temos outra opção de financiamento só nos resta bater em cima de ouvidoria direto.

      Mas de qual quer forma no final se Deus quiser dara tudo certo.

      Se tiver qualquer duvida sobre o financiamento fique a vontade.


      Abraço
      Geraldo

      Excluir
  4. Anônimo02 junho

    Boa tarde amigo, moro no interior do estado de SP quase na divisa com o MS, estou pretendendo construir minha casa ano que vem. Nisso encontrei seu blog e já tirei muitas dúvidas que eu tinha quanto a fazer um financiamento. Para ver o quanto próximo está este meu sonho da casa propria, queria te perguntar: no começo, quanto, mais ou menos, ao todo, você gastou com: alvará de prefeitura, projeto arquitetonico, taxas na CEF, taxas no cartório?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Amigo, estarei empanhado um fazer um tópico com todos os valores de Taxas pertinentes a uma obra antes mesmo dela se iniciar.

      Mas de bate pronto, segue algumas taxas:
      1) - Escritura:
      Se o terreno não estiver em seu nome, você deve transferir a escritura para seu nome. O preço é tabelado e vai de acordo com o valor de seu terreno. Um terreno de 20Mil mais ou menos vocÊ ira gastar uns R$ 3.500,00

      2) - Projeto Arquitetonico:
      Conforme já descrevi num dos primeiros tópicos, É o Desenho de sua futura casa. Ele é elaborado por Arquitetos e Engenheiros e o preço do mesmo varia muito. Eu paguem R$ 15,00 por m2. 100m2 de resitencia = R$ 1.500,00. E o proprio arquiteto ficou incumbido de efetuar a aprovação do projeto na prefeitura.

      2) Alvará de obra:
      Ao dar entrada na prefeitura paguei um boleto no valor de R$ 977,00, no qual estava agrupada diversas taxas pertinentes a prefeitura.

      3) Art's
      Você terá que ter 2 "ART" (Anotação de Responsabilidade Tecnica), uma pelo projeto e outra pela execução da Obra(Nem sempre quem elaborou o projeto é o mesmo que irá tocar a obra em seu dia-a-dia). O valor é de R$ 63,32 para cada ART.

      Essas são as taxas que você paga para antes mesmo de iniciar toda a papelada na CEF. As outras taxas estão no tópico, "Como financiar pela CEF".

      Abraço
      Geraldo.

      Excluir
  5. Anônimo02 junho

    Estou adorando seu Blog,você descreve os detalhes o que instiga a leitura, tbém iremos começar a construir assim que a caixa econômica liberar... abraço, Bruna

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Bruna,

      Pois é, são muitas informações e não tem como não detalhar, senão acaba ficando um pouco confuso, mesmo assim, fica confuso..rs

      Boa sorte com sua empreitada que logo começará também.

      Geraldo.

      Excluir
  6. Anônimo13 julho

    Ola Geraldo
    Tudo bem?
    Parabéns pelo blog. Utilidade pública total.

    Sou Emerson, moro no interior de SP, descobri o seu site pesquisando mto no Google. Eu tbm estou querendo realizar o sonho de ter a casa própria e assim como voce, terei que pegar financiamento na Caixa. Ja fui na agencia diversas vezes e cada vez uma informação diferente, desencontrada, aquilo que voce comentou em um dos seus posts, que se vc faz qualquer pergunta fora do roteiro, o pessoal da CEF se perde.

    Eu já tenho terreno próprio com escritura, projeto arquitetônico, estrutural, hidraulico, eletrico, alvara para construção, projeto aprovado na Prefeitura, pedreiros já acertados e estou na fase de elaboração das planilhas. Após isso, pretendo dar entrada na Caixa para solicitar o financiamento e ae algumas dúvidas, se voce puder esclarecer ficarei grato:

    1º Quando vc solicitou o seu financiamento, fez sobre o valor total da obra? Ou simplesmente um valor que faltava para o término baseado nas planilhas? Eu tenho uma grana guardada.

    No site da Caixa fiz simulações com o valor total do imóvel (terreno próprio + valor de construção) e não fiquei satisfeito com a simulação que foi passada. Na própria agência não souberam explicar corretamente como funciona. Gostaria de saber como foi contigo?

    Estou naquela situação, inicio a obra com os meus recursos e depois solicito o financiamento ou então, solicito tudo de uma só vez.

    Abraços,
    Emerson

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Emerson blz?

      Cara vc já tem tudo que eh necessário hein, vai ser fácil. Vc já tem as ARTs de projeto e execução e ja cadastrou a obra na receita?

      No meu caso foi o seguinte eu financiei tudo em cima do valor total da obra sem considerar o valor do lote. Quando o engenheiro foi fazer a primeira avaliacao ele considerou que ja havia um percentual de 10% ja efetuado. Este foi o valor a Caixa teria que reembolsar porem como foi feito antes desse laudo, acabamos considerando como abatimento para a tal Entrada de 10% do financiamento.

      Acho que eh isso

      Abraco e sucesso ai na tua obra.

      Geraldo.

      Excluir
  7. Anônimo04 agosto

    Olá Geraldo!

    Primeiramente meus cumprimentos pela iniciativa de produzir este blog. Você deveria receber royalties da CEF pelo excelente trabalho de divulgação e esclarecimento no que se refere o enigmático mundo do financiamento habitacional da CEF. Poderiam muito bem colocar o link do seu blog numa aba junto ao site da CAIXA do tipo: antes de qualquer coisa, consulte este material e veja se você tem tempo, paciência e R$ para seguir adiante.

    Fiquei instigado com o seu fica a dica:"Planeje sempre a obra para iniciar a partir do mês de Março", se puder fuja dos meses como Dezembro, Janeiro e Fevereiro" - porquê exatamente sugere isso?

    Tiago, Rio Grande do Sul.

    ResponderExcluir
  8. Hehehe obrigado pela consideração Tiago.

    Seguinte, um dos pontos mais estressantes da Obra a falta de trabalho durante os dias de chuva. Isso não quer dizer que não se possa faze a obra, é que quando trabalhamos com cronograma, ficar uma semana toda sem poder fazer nada é complicado. Nesse esquema da CAixa o que podemos fazer é aumentar o cronograma em alguns meses já prevendo possíveis problemas de atraso devido a chuva. Aqui na minha região (Interior de SP) quando começa a época de chuva(dezembro a janeiro) ficamos semanas debaixo d'agua..rs

    Se você tiver a disponibilidade de poder construir no periodo de Março a Novembro é uma Boa.

    Abraço
    Geraldo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Como Financiar sua Construção pela Caixa Economica

[CEF] - Como cadastrar a Obra na Receita Federal (CEI)